Centro Lusitano de Unificação Cultural

Apresentação

O Centro Lusitano de Unificação Cultural (CLUC) é uma organização universalista e filantrópica, fundada em Portugal em 1988, com sede em Lisboa, cujo objectivo consiste essencialmente em estabelecer, sobre bases sólidas e correctas, uma Biosofia – Sabedoria da Vida – abarcando todos os campos de pensamento, de actividade e de esforço humano, nomeadamente filosóficos, científicos, religiosos, políticos, sociais, pedagógicos, artísticos e éticos, ponderando e valorizando todas as formas e expressões de Vida. Para o efeito, promove-se o estudo das tradições e culturas de diferentes povos, numa base comparativa, abrangente e integradora, tendo em vista um verdadeiro consenso universal e a vivência da riqueza da diversidade na unidade.

Sendo uma associação sem fins lucrativos, o CLUC vive exclusivamente do produto das vendas de livros e materiais audiovisuais, das propinas de cursos, e de contribuições voluntárias. Todas as suas receitas se destinam integralmente a serem investidas em novas edições e a cobrir os gastos com a realização de actividades de natureza cultural e filantrópica.

O nome “Lusitano” refere-se e tem raiz na palavra latina Lux (Luz).

São várias as actividades que desenvolvemos: edição de livros (já alargados a 5 línguas), na sua larguíssima maioria originais; publicação, tendencialmente trimestral, da revista “Biosofia”; cursos, seminários, workshops, conferências e congressos, em especial sobre temáticas esotéricas e tradições espirituais, filosóficas e religiosas; práticas de concentração e meditação, etc. Na nossa sede em Lisboa e na delegação do Porto funciona ainda a Livraria Síntese, onde se pode encontrar um largo acervo de literatura de qualidade.

 

Direcção para o período 2016-2020:

Presidente – José Manuel Anacleto

Vice-Presidente – Isabel Nunes Governo

Tesoureiro – Vítor José F. Rodrigues